Cultura da África do Sul: Conheça desde sua Formação



Diversos povos participaram do processo de formação da Cultura da África do Sul, o que faz com que ela seja muito interessante e plural. Então, nada mais que justo que conhecê-la melhor, não é mesmo?!

Pensando nisso, abaixo te explicamos melhor sobre esses aspectos culturais, além de trazer exemplos deles. Confira:





Como é a cultura da África do Sul?

A África do Sul se tornou alvo de um intenso processo de colonização que tinha como principal intenção explorar o país e o seu povo, mas por consequência acabou fazendo também com que aspectos culturais desses diversos povos moldassem a cultura local.

Por conta disso, a cultura da África do Sul é bastante diversa, formada pela ligação entre diferentes aspectos que formam práticas únicas que vão desde a danças, músicas populares até festivais que ocorrem anualmente e ganham destaque entre a população.





Inclusive, vale ressaltar o próprio povo como principal elemento dessa cultura, uma vez que eles se responsabilizam pela perpetuação da mesma e fazem questão de valorizá-la em seu dia a dia.

Elementos da cultura da África do Sul:

Para que possa ter uma melhor noção sobre esses aspectos culturais em sentido prático, separamos exemplos de práticas que os refletem bem, olha só:

Braai

Similar com o churrasco popularizado aqui no Brasil, o Braai é um evento que reúne grupos grandes, incluindo tanto famílias quanto amigas, para fazer a carne na grelha de uma forma bem parecida com o que ocorre nos Estados Unidos, por exemplo.

Como aspecto cultural, ainda ressaltamos que os homens são os responsáveis pelo preparo dessa comida, sendo o espaço da grelha uma reunião masculina de modo mais específico.

Kwaito

Já o Kwaito é certamente um dos estilos mais populares no país, tendo passado a ganhar destaque por volta dos anos 90. Ele é formado por uma mistura interessante que inclui o uso da percussão africana na companhia do som do baixo e de uma melodia mais lenta.

Os cantores desse estilo, por sua vez, costumam declamar as músicas em um tom de voz bastante alto, diferente do que estamos mais acostumados a ver.

Jazz

Ainda falando em música, que é algo muito presente em eventos sul africanos e no próprio dia a dia da população, não podemos deixar de falar do Jazz. Esse é um estilo afro-americano que reúne elementos de outras culturas, tendo conquistado uma maior popularidade ainda nos anos 20.

Na prática, o que ouvimos é uma base americana de jazz misturada com harmonias tipicamente africanas, tendo uma dose a mais de swing do que estamos acostumados a ouvir aqui no Brasil.

Toyi-toyi

Já falamos de música, então é hora de falar sobre dança e, nesse cenário, chama muita atenção o Toyi-toyi. Basicamente, ela é formada a partir de movimentos ágeis, representando também a resistência do país e seu povo através dos passos.

A dança ainda é acompanhada da batida dos tambores e segue seu ritmo com intensidade, sendo muito comum entre homens e também mulheres.

Rugby

Aqui no Brasil temos o futebol como um aspecto cultural, e na África do Sul o esporte que ganha destaque nesse sentido é o Rugby. Por muito tempo ele simbolizava a segregação do Apartheid, mas hoje é um esporte voltado para a integração de todos, sem que abra espaço para distinções.

....