35 Comidas Típicas do Japão: Muito Além dos Sushis e Sashimi



As comidas típicas do Japão vão além dos inúmeros tipos de sushi! Como o país é formado por ilhas, os pratos típicos do Japão incluem, em sua maioria, peixes, moluscos e algas marinhas, acompanhados do gohan, é claro – o arroz japonês, e ingredientes tradicionais: picles, vegetais, wasabi, molho shoyu, pasta de soja, entre outros.
 

A culinária japonesa tradicional é chamada washoku e você vai conhecer os principais pratos do país, quais são os tipos de sushi, entradas, aperitivos, pratos principais e acompanhamentos e sobremesas!

Entradas/Aperitivos

Entradas e aperitivos para começar a apreciar as comidas típicas do Japão do jeito certo!

Sunomono


Um prato simples e fresco feito com apenas 3 ingredientes: pepino japonês cortado em lâminas finas temperado com gergelim branco ou preto, regado com um molho à base de vinagre de arroz.





Edamame


Um aperitivo que pode ser servido quente ou frio e que só precisa de um ingrediente: soja não amadurecida cozida na água ou a vapor.

Salada Massao


Uma entrada adorada nos rodízios de comida japonesa! A salada Massao é feita com tomate, escarola (uma verdura com folhas verdes amargas), repolho, batata palha e um molho secreto à base de cenoura.





Tempurá


De origem portuguesa, o tempurá foi levado ao Japão no séc. XVI, por Jesuítas portugueses que lá se estabeleceram. Trata-se de uma fritura de legumes ou frutos do mar juntamente com a massa de farinha de trigo, consumida com shoyu ou molho tentsuyu.

Guioza (Gyoza)


Gyoza é um pastel de massa fina recheado com carne de porco moída ou repolho e cebolinha que é frito ou cozido no vapor, apreciado com um bom molho shoyu.

Missoshiru


Missoshiru significa caldo de soja fermentada. É uma entrada ou prato quente servido no café da manhã. A sopa é preparada com pasta de soja, dashi (caldo de peixe) e tofu, mas também pode ter legumes. No Japão, ela é servida no recipiente chamado ochawan.

Kushiyaki


Kushiyaki, ou kushikatsu, é o espetinho japonês – o nome geral dado a todos os espetinhos grelhados. “Kushi” significa “espeto” e “katsu” significa empanar e fritar em imersão em óleo vegetal. Você pode encontrar diferentes versões do espetinho, como o robata e o yakitori.

Robatayaki


O robatayaki, ou apenas robata, é o churrasquinho japonês feito com carne, frango, camarão, vegetais e tofu, com diferentes combinações. Por aqui nós não vemos vegetais entre as carnes, mas no Japão, sim! No robata o ingrediente vai inteiro para a grelha!

Yakitori


Yakitori é, especificamente, o espeto de frango e miudezas grelhado na brasa com carvão vegetal. Geralmente é consumido com molho tarê (molho de soja adoçado e grosso).

Nikuman


Nikuman é outro aperitivo delicioso e saudável, uma espécie de pão cozido no vapor adaptado do baozi, de origem chinesa. O recheio é feito com carne de porco, acelga e cebolinha, mas há variações, incluindo ingredientes como cogumelos, anko (pasta doce de feijão), pasta de soja preta, até mesmo chocolate.

Rolinho primavera (Harumaki)


O harumaki é a versão japonesa do rolinho primavera, que tem origem chinesa. Ele é feito com massa à base de farinha de trigo, recheado com vegetais frescos: cenoura, cogumelos shiitake, broto de bambu, repolho, pimentão, cebola, entre outros. Ele é frito e fica com uma casca bem dourada e super crocante!

Sushis


O bolinho de arroz enrolado com uma tira de nori (alga) é adorado por muitos ao redor do mundo inteiro! Makizushi é a nomenclatura geral que designa os sushis considerados tradicionais: hossomaki, shakemaki, kappamaki, tekkamaki e uramaki, cilíndricos e  envoltos por uma folha de nori, com recheio no centro, incluindo frutos do mar, salmão e outros peixes (crus), vegetais e até frutos, como o pepino.
 
Para quem não sabe, sushi significa “azedo”, e existem outros tipos além dos makizushi: o niguiri e o gunkan.

Hossomaki


O Hossomaki é um enrolado de sushi mais fino, geralmente com apenas um recheio: pode ser peixe, frutos do mar, frutos, como o pepino, e vegetais, além do kani, que consiste em um processado contendo diferentes frutos do mar e peixes moídos.

Uramaki


Mais um tipo de sushi na lista: no uramaki, a diferença marcante é que o arroz é enrolado pela alga na parte interna, ficando entre o arroz e o recheio. É o famoso sushi invertido.

Shakemaki


Também conhecido como salmão maki, é um sushi maior, tradicionalmente recheado com salmão.

Niguiri


Niguiri significa “dois dedos”. Feito à mão, o molde onde esse tipo específico de sushi é feito é pressionado com os dois dedos do chef, por isso o nome. Consiste em um bolinho de arroz avinagrado com uma tira de salmão ou outros peixes no topo, apenas isso.

Gunkan


Gunkan significa navio de guerra. Esse tipo de sushi leva o recheio no topo (ovas de peixe, atum, salmão ou omelete) e o arroz fica na parte de baixo enrolado pela tira de nori.

Kappamaki


O kappamaki é recheado com pedaços de pepino e seu formato também difere um pouco dos demais. O nome da peça foi dado em homenagem ao personagem Kappa, do folclore japonês, cuja comida preferida é o pepino.

Tekkamaki


O tekkamaki é o sushi recheado exclusivamente por atum.

Futomaki


O futomaki é um sushi maior, mais grosso e com mais ingredientes como recheio que podem ser combinações entre peixes, ovos, gengibre, folhas, legumes e raízes. A base desse recheio é, geralmente, o Tamagoyaki, uma omelete japonesa.

Temaki


Na verdade, o temaki é considerado um fast-food japonês, com a importante ressalva de ser saudável, e pode ser servido como entrada também. O temaki é um tipo de sushi muito conhecido pelos brasileiros e adorado por aqui: “te” significa “mão” e “maki”, “enrolado”.
 
O cone é feito de algas secas, recheado com arroz e, tradicionalmente, com salmão cru ou grelhado. O cream cheese incrementa a receita no Brasil e a iguaria é servida com molho shoyu. No Japão, como você pode pensar, eles não utilizam o cream cheese e o temaki não é gourmetizado, já que costuma ser preparado com sobras de preparo de sashimis e outros pratos.

Pratos principais

Confira mais pratos principais da culinária japonesa!

Gohan


O famoso arroz japonês tem grãos curtos e fica grudento após o cozimento, o que é indispensável, já que ele é consumido com hashi.

Sukiyaki


O sukiyaki é um ensopado de carne (bovina, suína ou de frango) em fatias finas, legumes e verduras, incluindo cogumelos, konnyaku, kamaboku, espinafre japonês (horenso) e macarrão kamaboku cozidos em uma panela rasa de ferro.

Takoyaki


O Takoyaki é um bolinho redondo frito em uma chapa especial, recheado com polvo em pedaços ou um polvo pequeno inteiro, raspas de tempura (tenkasu), gengibre picado e cebolinha, apreciado com um molho especial, raspas de peixe (katsuobushi) e maionese.

Okonomiyaki


Um prato muito popular no Japão, conhecido como panqueca japonesa. Okonomi significa “o que você gosta” e yaki significa “grelhado” ou “frito”, por isso o prato pode ser preparado com ingredientes diversos.
 
A massa é feita com farinha, caldo de vegetais ou peixe dashi, ovos e repolho picado, além de outros ingredientes que podem ser utilizados, como cebola, carne de porco ou bacon, frutos do mar, vegetais, queijo e maionese.

Sashimi


O sashimi também é feito com peixe cru, geralmente salmão ou atum em lâminas finas, que acompanha algas, molho shoyu e wasabi, uma pasta verde com um sabor forte e picante feita a partir de uma planta que fica parcialmente submersa em rios, é de difícil cultivo e deve ser consumida, no máximo, alguns minutos após ser colhido para manter o sabor. Por isso é muito difícil encontrar wasabi japônica original.

Teppan


Um dos pratos mais tradicionais da culinária japonesa, o Teppanyaki, ou simplesmente Teppan, é a chapa de ferro usada para grelhar as carnes, como anchova, frango, salmão, kobe beef, camarão e outros frutos do mar fatiados, que podem ser servidas com legumes, lascas de alho ou arroz frito e molho shoyu.

Yakisoba


Yakisoba significa, literalmente, macarrão frito! O yakisoba também é muito consumido no Japão! Inclusive, apesar de ter sido criado na China, foi a sua versão japonesa que se popularizou e tornou o prato famoso. A receita japonesa é feita com macarrão específico para yakisoba, carne de porco, óleo de gergelim, broto de feijão e de alho, molho shoyu, cenoura, pimentões, entre outros ingredientes.

Lámen


Não, Lámen não é o macarrão instantâneo que você está pensando que é. Após a Segunda Guerra Mundial, esse se tornou o prato principal dos japoneses por ser nutritivo e barato. A massa é feita à base de farinha, água e sal, servida numa tigela, e acompanha ovo, alga, frango, peixes brancos e molho.

Yakiniku


Yakiniku é o famoso churrasco japonês, um prato que remonta à Segunda Guerra Mundial e que foi introduzida no Japão pelos coreanos. As fatias finas de carne e legumes são grelhadas em uma churrasqueira a gás ou carvão, consumidas, geralmente, com molho tarê.

Doces e Sobremesas

Bem diferentes das sobremesas do Brasil, os doces têm muito menos açúcar, o uso de frutas, pasta de feijão azuki, chantilly, entre outros ingredientes que formam combinações surpreendentes!

Banana flambada


A banana flambada é uma das sobremesas mais populares do Japão. A banana vai ao fogo em uma calda de açúcar, manteiga, conhaque e suco de laranja, além do sorvete que completa o prato.

Wagashi


Wagashi é o nome dado a doces tradicionais do Japão, feitos com anko (pasta de feijão azuki), mochi (bolinho de arroz aglutinado), gelatina de algas marinhas e frutas. Os doces são de encher os olhos e o daifuku é o mais popular deles, conhecido apenas como mochi.

Castella


Castella é o pão de ló japonês tradicional de Nagasaki, um bolo feito à base de farinha, ovos, açúcar e mel.

Furutsu Sando


Furutsu Sando significa sanduíche de frutas: isso mesmo! As fatias de pão são recheadas com chantilly e frutas frescas.

Taiyaki


O taiyaki é feito com uma massa parecida com a massa de panqueca americana, assado em uma forma com formato de peixe até ficar bem douradinho, recheado com pasta de feijão azuki, com creme, chocolate e queijo.

....